Taxa de Rejeição: o que é e como melhorar

25/10/2015

Taxa de rejeicao google

 

Antes de começarmos a falar sobre o termo, vamos entender o que significa a “Taxa de Rejeição” do Google Analytics. Ela mede a quantidade de visitantes que chegam até o seu site, mas saem sem navegar em outra página. Para o Google, isso quer dizer que o seu site não é interessante para aquela pessoa e dessa maneira a sua taxa de rejeição aumenta, o que é um fator negativo. Se você tem uma taxa de rejeição de 80%, por exemplo, significa que a cada 100 pessoas que visitam o seu site, 80 vão embora sem navegar por outros conteúdos que você oferece.

Uma taxa de rejeição alta é ruim para o meu negócio?

Essa é a primeira pergunta que devemos fazer antes de nos preocuparmos em realizar melhorias nas páginas que possuem uma taxa de rejeição elevada. Existem sites cujo objetivo principal pode ser somente passar uma informação rapidamente ao visitante e fazer com que ela telefone para fechar negócio. Há ainda outras possibilidades, como uma página desenhada exclusivamente para captar e-mails para desenvolver um mailing diferenciado, por exemplo. Em ambos os casos a taxa de rejeição não é o indicativo mais apropriado para avaliar a relevância do conteúdo, pois o objetivo pode ser alcançado rapidamente e sem a necessidade de interação com outras páginas.

Antes de começar

Antes de iniciar ações para diminuir sua taxa de rejeição, alguns pontos chave devem ser avaliados:

Rastreamento implementado

Tenha certeza de que todas as páginas do seu site estão sendo corretamente rastreadas pelo Google Analytics. Caso contrário, a taxa de rejeição registrada poderá estar incorreta.

Seu site possui mais de uma página?

Se o seu site possui apenas uma página, sua taxa de rejeição será elevada, já que o usuário não terá outras opções de navegação dentro do mesmo.

O que fazer para tentar melhorar(diminuir) a taxa de rejeição do meu site?

No Google Analytics você pode filtrar a taxa de rejeição de todas as páginas. Identifique aquelas que têm taxas menores, estude o comportamento dos visitantes nessas páginas (de onde vêm, para onde vão, o tempo de acesso) e busque explicações plausíveis para poder aplicá-las nas páginas que pretende melhorar.

Links que apontam para o seu site

Se você possui conteúdos relacionados, aproveite para inserir links que apontam para o seu website. Isso aumentará a interação dos visitantes e consequentemente reduzirá a taxa de rejeição.

Direcionamento correto de sites de busca

Se você paga por links patrocinados, tenha certeza que as palavras-chave e campanhas relacionadas ao seu site são direcionadas a páginas com conteúdo de relevância. Se, por exemplo, o seu site é uma loja virtual de roupas esportivas e você paga para aparecer nos resultados do usuário que procura por “tênis para corrida”, a interação desse usuário será muito maior se ao clicar em seu link ele for direcionado para uma página onde realmente exista uma lista de tênis para corrida do que se ele for direcionado para uma página que mostre bermudas, camisetas ou outros artigos diferentes.

Conteúdo organizado

Seu texto deve ser coerente e de fácil leitura. Utilize negrito ou títulos destacados para compor uma “história” com a qual o visitante possa interagir e prosseguir com facilidade. Evite conteúdos desorganizados ou que fujam ao tópico principal do título da página.

Caso nenhuma das dicas funcione, você ainda pode buscar outras formas de interação com o seu visitante, como as redes sociais, por exemplo. Assegure-se de deixar links visíveis da sua página no Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, etc. Ainda que naquele momento o visitante não seja convertido em cliente, as chances de uma interação futura aumentarão consideravelmente.


SOLICITE SEU ORÇAMENTO

Nome

E-mail

Telefone





Mais InformaÇÕes